(61) 3036-6000
(61) 3036-6000

Dicas de Saúde

Veja 10 sinais que podem indicar a perda auditiva em crianças

Veja 10 sinais que podem indicar a perda auditiva em crianças

1) – A criança repete “O que?” com muita frequência quando é falado algo com ela.

2) – Ela parece dispersa, desatenta e no seu “próprio mundo”.

3) – Grande dificuldade de compreender a fala em ambientes ruidosos.

4) – Apresenta dores de ouvido ou zumbido com frequência.

5) – Tem dificuldade de respirar pelo nariz, respira pela boa e/ou ronca a noite com frequência.

6) – Passa a observar os lábios de quem fala com muita atenção, para fazer leitura labial.

7) – Não reage a sons de campainha ou telefones tocando.

8) – Dificuldade de se engajar nos trabalhos em grupo na escola.

9) – Apresenta atrasos no desenvolvimento da fala .

10) – Irritabilidade excessiva e sem causa aparente.

Diante de um ou mais desses sinais, deve suspeitar de perda de audição na criança e ela deve ser levada a um otorrinolaringologista para examinar os ouvidos e fazer uma avaliação auditiva apropriada para a idade.

Leia mais
Como saber se a minha audição é normal?

Como saber se a minha audição é normal?

A pesquisa da perda auditiva nos adultos é bastante simples e pode ser realizada através de um exame chamado audiometria tonal e audiometria vocal. Neste exame, o paciente é colocado dentro de uma cabine com isolamento acústico usando um fone de ouvido. Um profissional médico ou fonoaudiólogo produz estímulos auditivos em diversas frequências com um fone de ouvido e obtém do paciente a sinalização se ele está ouvido.

Ao final se obtém um gráfico que mostra o estado da audição. Nas crianças a partir de 2 ou 3 anos, a audiometria é realizada com jogos e estímulos visuais adequados para a idade. A audiometria deve ser realizada sempre que houver qualquer suspeita de que a audição não esteja normal e após uma consulta com o médico otorrinolaringologista.

Em bebês ou em algumas situações especiais nos adultos, podem ser necessários outros exames auditivos como os potenciais evocados do tronco cerebral (BERA) e a eletrococleografia.

Leia mais
Você sente o ouvido tampado?

Você sente o ouvido tampado?

A sensação de ouvido tampado ou abafado é uma queixa muito comum no consultório do Otorrinolaringologista. Quem já esteve em um avião provavelmente já experimentou esse desconforto que, geralmente, não representa preocupação e desaparece em poucos instantes.

Este problema ocorre por uma dificuldade de equalização da diferença de pressão existente entre o ambiente externo e a região média do ouvido.

A sensação de ouvido tampado também pode ocorrer por acúmulo de cera ou ser reflexo de infecções do ouvido. Em casos assim, é necessário procurar o Otorrinolaringologista para avaliação e tratamento.

É importante destacar que a estrutura do ouvido é super delicada e que os desconforto devem ser imediatamente avaliados para evitar a piora do quadro ou até mesmo perda de audição.

Clique aqui e Agende sua Consulta agora mesmo!

Leia mais
Qual desses problemas te incomoda mais: Rinite, Sinusite ou Dor de Ouvido?

Qual desses problemas te incomoda mais: Rinite, Sinusite ou Dor de Ouvido?

A rinite alérgica: ocorre pela inflamação da mucosa nasal causada pela exposição a algum agente alergênico sendo caracterizada por obstrução nasal, espirros, coceira no nariz e coriza;⠀
Sinusite: caracterizada como a inflamação dos seios da face causando dor na face, secreção amarelada/esverdeada, alteração no olfato e obstrução nasal;⠀
Dor de ouvido: que pode indicar uma infecção no ouvido externo ou médio;
Você sofre com alguma destas disfunções? Em caso de qualquer sintoma, procure um otorrinolaringologista da Clínica COTTA para avaliação do seu quadro.
Leia mais
Veja 5 dicas para quem sofre com Rinite

Veja 5 dicas para quem sofre com Rinite

🎯Veja 5 dicas para quem sofre com Rinite:
 
👉1) – Evite exposição a fatores alergênicos. A maioria das rinites é provocada pela poeira doméstica, portanto, é fundamental deixar tudo sempre limpo;
 
👉2) – Manter a casa sempre bem arejada. Abrir portas e janelas logo ao acordar para poder facilitar a passagem de ar e para que o sol entre e ilumine os cômodos.
 
👉3) – Manter o quarto sempre limpo. Trocar sempre os tapetes e as roupas de cama uma vez por semana, e deixar os travesseiros no sol todas as manhãs;
 
👉4) – Evitar bichinhos de pelúcia, eles facilitam a proliferação de ácaros;
 
👉5) – Tenha atenção a higiene do seu guarda-roupas, travesseiro e colchão, pois os ácaros gostam de locais quentes, úmidos e escuros.
 
Leia mais

A maioria das pessoas com rinite alérgica pode suspeitar do problema reconhecendo os sintomas típicos: coceira no nariz, olhos e garganta, congestão nasal, coriza e espirros.

Um especialista em otorrinolaringologia pode verificar se há pólipos ou outras alterações nasais, além de propor a melhor forma de tratamento.

Quando for importante identificar os desencadeantes alérgicos específicos podem ser realizados testes sanguíneos ou de pele.

Leia mais